22251422_10156123138538974_407942441_o

Outubro Rosa segue para sanção do prefeito

Projeto do vereador Dr. Wolmir Aguiar (PSC) que inclui no calendário oficial de eventos de Curitiba a campanha Mês Outubro Rosa (005.00051.2017 atualizado pelo substitutivo 031.00025.2017) está aguardando a sanção do prefeito Rafael Greca. O documento foi aprovado em segundo turno, por unanimidade, na sessão plenária desta segunda-feira (2). “O objetivo deste projeto é que o Executivo possa destinar recursos para investir efetivamente na campanha de prevenção ao câncer de mama, principalmente no que diz respeito ao diagnóstico”, informou o parlamentar, destacando que “só na Região Sul, 13% das mulheres são acometidas por este mal”.

Dr. Wolmir apresentou um levantamento histórico sobre o porquê do Outubro Rosa e do laço rosa. “A campanha iniciou na década de 90, nos Estados Unidos, onde vários estados realizavam atividades no mês de outubro com o intuito de conscientizar as mulheres para que realizassem o exame de mamografia’, explicou. O vereador afirmou que foi no Congresso Americano, em 1990, que foi promulgada a lei designando o mês de outubro como Outubro Rosa. “Nesse mesmo ano, a fundação Susan, em Nova York, realizou a primeira Corrida pela Cura e, ao final, foram entregues laços rosas aos participantes. Foi aí que surgiu o laço rosa”, completou.

Em 1997, ainda nos Estados Unidos, vários estados iluminaram os seus monumentos e prédios públicos com a cor rosa e enfeitaram com o laço. “No Brasil, a primeira iniciativa foi em 2002, quando o monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista, em São Paulo, foi iluminado de rosa em comemoração aos 70 anos do encerramento da Revolução e para conscientizar as mulheres da importância do exame, do diagnóstico precoce e do acompanhamento”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *